BENVINDOS AO MEU BLOG

Espero que gostem do meu blog, minha intenção é expor os meus pensamentos e sentimentos a todos aqueles que
tiverem vontade de ver e compartilhar um pouquinho de mim...

Fiquem a vontade para postar qualquer comentário..é bom saber a opinião de vocês.

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

BRANCO



Na lucidez do meu juízo vejo dentro de minha alma uma imagem branca borrada pela escuridão das incertezas que me rodeiam.
Silhueta fantasmagórica que insiste em me recordar das coisas do passado e fazer pensar mais no presente e futuro.
Vejo entre muitas pessoas a tua imagem, o teu significado pra mim, mas confesso que pouco a pouco o branco da tua presença esta se transformando em um branco normal, uma vida transeunte neste mundo imenso cheio de pessoas normais.
Sem alimento para a alma o corpo padece e morre quieto e sem misericórdia.
E sem este alimento a tua branca luz já não consegue manter este corpo vivo.
O branco do teu uniforme já não brilha como antes...

domingo, 30 de janeiro de 2011

A VIAGEM

O Nani a todo vapor
Estive de viagem com o meu amigo Nani, foi mais uma das viagens que fizemos juntos quando temos a oportunidade de coincidir e realizar estas loucuras.
Desta vez fomos para Gravataí - RS. Saímos de São Bernardo de tarde e pegamos a estrada... Foram mais de mil kilometros só de ida e quase de uma vez só, sem parar, pois tínhamos um horário especifico para chegar lá.




Uma foto minha de mim mesmo

Paramos para comer algo em um restaurante de beira de estrada, normalmente freqüentados pelos amigos caminhoneiros. Os viajantes de carro não costumam parar por lá, eles preferem lugares como "Graal", que disponibilizam de mais comodidade e preços compatíveis com estes privilégios. Os caminhoneiros são trabalhadores que tem como seus escritórios as estradas deste país e, se você notar que há uma concentração de caminhões estacionados em um restaurante de beira de estrada, tendo um aspecto meio “ruim”, pode ter certeza que lá a comida é boa e barata... Foi o que aconteceu com a gente.
Terminamos de comer e colocamos o pé na estrada novamente. Convidamos nossos “amigos invisíveis”, a Rê e o Bite para viajar conosco. Assim estaríamos alerta e atentos...
Mais à frente paramos para dar carona a duas pessoas vestidas de uniforme, este casal estava a caminho de volta pra casa após sua jornada de trabalho no posto de resgate da rodovia. Eles costumam voltar às suas casas de carona pois é comum para os caminhoneiros que viajam sozinhos ajudarem estas pessoas e, em cambio, receberem um pouco de companhia de viagem.
Tivemos uma agradável conversa e logo chegou o destino final deles... Desta vez fomos nós que cuidamos deles em chegar bem a seus destinos são e salvos, o pessoal do resgate das rodovias são os anjos que, na maioria das vezes tem o poder de salvar nossas vidas em caso de acidente...  
Casinhas de Santa Catarina
Amanhecemos já na divisa de Santa Catarina com Rio Grande do Sul.
Com o amanhecer pude notar a beleza da natureza do sul do país. Suas casas são muito mais bonitas, Mesmo sendo humildes elas são bem cuidadas, chamou a minha atenção as casas pintadinhas com cores alegres. Parece que por lá esta na moda os telhados de cor branca...
Chegamos à fábrica da GM de Gravataí, o nosso destino final. Enquanto esperava para carregar a cegonha eu aproveitei para ler um pouquinho. Tenho que terminar logo este livro para começar outro que tenho curiosidade, pois é o estilo de leitura de uma pessoa especial...
Saímos às pressas de lá porque se perdêssemos muito tempo não chegaríamos antes das 6 da tarde em um pedaço da estrada que esta em obras e, como devo explicar, não é permitido o trafego de cegonhas carregadas nas estradas de pista simples no período de 6 da tarde às 6 da manhã.
Uma coisa estranha que notei é que em Santa Catarina não há o sistema “ Sem Parar” nos pedágios. Ficamos na fila para pagar o pedágio por um bom tempo, pois havia muita gente a caminho das praias de Floripa.
Notei também a quantidade de veículos proveniente do país vizinho. Los Hermanos ainda costumam desfrutar de nossas praias...
Conseguimos superar as obras no tempo previsto e seguimos viagem.
Parecia que íamos escapar da chuva que vinha chegando, mas ela nos pegou de surpresa bem numa serra. Havia um ônibus que estava derramando óleo diesel na pista e, com o transito intenso daquela subida de serra, ficamos parado na estrada. Na hora de seguirmos viagem os caminhões começaram a patinar, inclusive o nosso. Por sorte o nosso caminhão está equipado com a melhor das tecnologias e o controle de tração ajudou a ter tração e seguirmos nosso destino. Deu pena dos motoristas que ficaram lá parados impossibilitados de fazer seus caminhões se mover naquela subida íngrime. Nisso já havia uma fila de mais de uns 5 km no sentido contrario... Teve gente que deve ter ficado no congestionamento por um bom tempo...
No radio tocava uma bonita canção que me chamou a atenção. Era uma voz feminina com sotaque italiano mas a letra era em espanhol e dizia assim:
Se fué, se fué
El perfume de sus cabellos
Se fué, el murmullo de su silencios
Se fué, su sonrisa de fábula
Se fué, la dulce miel que probé en sus labios”
A canção se chamava “Se Fue” de Laura Pausini
Outra canção bonita que me chamou a atenção nesta viagem foi “  Sinônimos” de Zé Ramalho.

Sinônimos
Composição: Chitãozinho e Xororó/ Zé Ramalho
Quanto o tempo o coração, leva pra saber
Que o sinônimo de amar é sofrer
No aroma de amores pode haver espinhos
É como ter mulheres e milhões e ser sozinho
Na solidão de casa, descansar
O sentido da vida, encontrar
Ninguém pode dizer onde a felicidade está
O amor é feito de paixões
E quando perde a razão
Não sabe quem vai machucar
Quem ama nunca sente medo
De contar o seu segredo
Sinônimo de amor é amar
Quem revelará o mistério que tenha fé
E quantos segredos traz o coração de uma mulher
Como é triste a tristeza mendigando um sorriso
Um cego procurando a luz na imensidão do paraíso
Quem tem amor na vida, tem sorte
Quem na fraqueza sabe ser bem mais forte
Ninguém sabe dizer onde a felicidade está
O amor é feito de paixões
E quando perde a razão
Não sabe quem vai machucar
Quem ama nunca sente medo
De contar o seu segredo
Sinônimo de amor é amar
Sigo tendo fé nesta minha estrada...
E voltando a outra estrada, seguia vendo as casinhas bem arrumadinhas, com seus jardins de gramas bem aparadas... Sentia-me em harmonia... A musica do Zé Ramalho mexeu comigo mais uma vez...



Passamos Por Floripa e depois por Camburiu, juntamente com as loucuras de uma cidade grande, praiana numa manhã de sábado e de período de férias... Estávamos trabalhando e qualquer outro pensamento contrario ao de chegar o mais breve possível a casa era totalmente descartado.



Quando chegamos a Joinville eu entrei em contato com um amigo que vive lá e aproveitamos para nos ver.
Paramos para abastecer, tomar uma ducha e comer enquanto revia o Eddie.
Uma coisa que me chamou a atenção é que você teria direito à ducha grátis se abastecesse no posto, se não a ducha custaria R$10,00 por justamente 8 minutos de ducha.

Aviso nas duchas do posto de gasolina
 Preparei-me com toda a “parafernália duchífera”, coloquei o cronometro para funcionar e realmente foram 8 minutos, nem mais nem menos... Relembrei as longas duchas lá de casa onde eu teria que gastar no mínimo umas 5 fichinhas para saciar a minha vontade de banho...
Fizemos os cálculos de distancia e tempo de viagem para chegar à outra serra onde não é permitido o trafego de cegonhas carregadas durante a noite e pudemos descansar por 3 horas, tempo suficiente para tirar uma sonequinha dentro do caminhão. As 3 da manhã voltamos a estrada e às 10 já estávamos de volta ao nosso ponto da partida, 2087 kms mais tarde.
Cheguei em casa e abracei a minha cama com todas as minhas forças e despertei só agora de tarde com vontade de compartir esta experiência com vocês.
Se houver outra oportunidade, com certeza não pensarei duas vezes....

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

SAPATINHO DE CRISTAL

A princesa ainda não havia completado a idade ideal para que seus sonhos fossem realizados. Dos seus justos 15 anos ela estaria a esperar um pouco mais para encontrar o seu príncipe encantado.

Tez de rainha ela já tinha embora suas mãos, calejadas pelas tarefas diárias de lavar as roupas para sua cruel madrasta a "Cruela", fazia com que seus sonhos nunca fossem por água abaixo junto com a água suja do tanque esvaziado.

E ela esperava e esperava pelo seu príncipe azul que pelo mundo galopava por horas e horas, levado pelo seu cavalo o "Rocinante" numa árdua jornada que o fazia quase perder o controle pelo cansaço. Ele tardava uma eternidade, fazendo-a culpar a sua fada madrinha por isso.

Fada madrinha, que de tanto escutar os sussurros de clemência desta tão linda princesa, resolveu um plano traçar para sua penúria acabar e disse: Vai, vai, vai.

Presenteou-a com um maravilhoso sapatinho vermelho e marrom, pois havia notado que ela tinha uns pés de propriedades monárquicas: pequenos, delicados e com a suavidade da mais pura seda.

Na festa da cidade, ao fugir desesperadamente a caminho de sua casa, pois deveria chegar extremamente no horário previsto por Cruela ela perdeu um pé do seu sapato que foi encontrado pelo seu príncipe sempre desligado...

O prínicpe caminhava loucamente pela cidade, cidade esta que era monitorada por câmeras em todas as muralhas,criando dificuldades para que ele pudesse encontrar a dona daquele sapato em particular.

Mas isto não seria um obstáculo para ele e seu cavalo, ele estava revigorado pelo banho de mar, descobriu que o seu amor ele deveria buscar até o fim. Não haveria nenhuma muralha a sua frente que ele não pudesse saltar com facilidade e destreza...
E nesta historia o príncipe segue em busca do pezinho que sirva no seu sapatinho de cristal...


terça-feira, 25 de janeiro de 2011

SONHOS

Vou tentar explicar a lógica deste post pois, para chegar ate aqui minha cabeça deu umas quantas voltas associando coisas, nomes, situações e muitas coisas mais...

Freud define o conteúdo dos sonhos como “uma realização dos desejos”,  podemos viver um momento onirico de alucinações visuais ou simplesmente um momento de descanso onde nossa imaginação nos convida para uma viagem a um mundo maravilhoso onde as nossas fantasias são tão reais como queremos que sejam...

Ha sonhos que as vezes não cumprem ou se equivalem com a nossas realidades porque não fazem jus as expectativas do sonhador, causando assim um pequeno motivo de pena.

Pensando em "pena" automaticamente associei uns versos do cantor "Peninha" onde ele relata o seu sonho e a dificuldade de conviver com o dilema de ter que lidar com os seus sentimentos, sua vontades, euforias, perdas e saudades.
Quando se vive este tipo de sonho não se pode deixar de apreciar versos tão completos e cheio de emoção e razão como estes.

Eis ai abaixo uma grande interpretação de Paula Toller cantando "Sonhos"

Espero que desfrutem.


Tudo era apenas uma brincadeira
E foi crescendo, crescendo, me absorvendo
E de repente eu me vi assim completamente seu
Vi a minha força amarrada no seu passo
Vi que sem você não há caminho, eu não me acho
Vi um grande amor gritar dentro de mim como
eu sonhei um dia
Quando o meu mundo era mais mundo
E todo mundo admitia
Uma mudança muito estranha
Mais pureza, mais carinho mais calma, mais alegria
No meu jeito de me dar
Quando a canção se fez mais forte e mais sentida
Quando a poesia realmente fez folia em minha vida
Você veio me falar dessa paixão inesperada
Por outra pessoa
Mas não tem revolta não
Eu só quero que você se encontre
Ter saudade até que é bom
É melhor que caminhar vazio
A esperança é um dom
Que eu tenho em mim
Eu tenho sim
Não tem desespero não
Você me ensinou milhões de coisas
Tenho um sonho em minhas mãos
Amanhã será um novo dia
Certamente eu vou ser mais feliz



O MAR

Desfrutando de um pequeno break fora da rotina louca da cidade grande passo uns dias com meus amigos de alma aqui em Curitiba, amigos estes que tenho a alegria e a dádiva divina de poder fazer parte das suas vidas por muito tempo.

Fui visita-los na praia onde não havia tido contato com o mar por mais de um ano... Para a minha surpresa o mar estava quentinho, bem limpo e bravo, bem do jeito que eu gosto... Fiquei brincando com as ondas como se estivesse voltado ao tempo e encontrado o meu lado moleque que quase ja não via por estes lados... foi genial.

Também tive a oportunidade de bater um papo com o Gui, o conheço desde criança mas ja é um homem feito, viramos a noite relembrando os velhos tempos de London, das travessuras e do bom tempo que passamos, tempo este que fortaleceu as nossas raízes.

Uma coisa curiosa que me deixou muito feliz foi que quando estávamos comentando das coisas da vida, eu mencionei o nome de uma pessoa querida e de importância no
 meu caminho e o Gui, rapidamente procurou seu nome e conseguimos localizar-la na internet... Uma artista plástica com obras encantadoras.

Voltei a fazer contato. Ficarei esperando por uma resposta boa...

Quando estamos de bem com a vida as portas da felicidade se abrem ainda mais e fazem com que as energias positivas fluam de maneira maravilhosa...

As mudanças ja começaram a acontecer.... Viva o mar!




domingo, 23 de janeiro de 2011

VISITAR MEUS AMIGOS

Estou a ponto de sair para visitar meus amigos que se encontram longe daqui...
Deveria haver decansado mais mas confesso que a adrenalina de poder verlos é mais forte...
Serão muitos kilometros de estrada, espero que ocorra tudo bem....pena de ter que fazer esta viagem sozinho...

Esta viagem marca um final e um novo começo na minha vida...
Depois dela tudo vai ser diferente....

Como dizia o Rei: 
Daqui pra frente, tudo vai ser diferente...



Banda Curitibana "Dimanche" interpretando Roberto Carlos 
Se Você Pensa

sábado, 22 de janeiro de 2011

O FAROL

Em uma noite escura sem luar, os ventos propícios a mais temporais sopram contra o meu frágil barco, que quase ao borde do naufrágio, navega sem rumo algum.
A mercê passo dias e noites ao léu sendo dirigido pelas correntezas, as vezes de aguas quentes  e as vezes frias, procurando alcançar a lucidez necessária para sair desta luta vitorioso.
Aí me lembro da tua luz, aquela que me adverte dos obstáculos desconhecidos, luz como as dos faróis que na noite nos protege dos perigos que não podemos ver...
Te vejo neste farol me guiando através das correntezas, me desejando uma jornada segura de volta a casa...




sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

DIVINA COMÉDIA HUMANA

Estava andando a caminho do posto de saúde aqui do bairro e me deparei com um menino de uns 5 ou 6 anos batendo de porta em porta muito educadamente pedindo se podiam lhe dar algo de alimento.

Segui minha caminhada naturalmente sem fazer caso àquela cena... Logo comecei a refletir como nós, acostumados com a rotina do dia a dia, com a loucura e falta de tempo para levar nossas vidas nos deparamos com coisas realmente tristes que passam batido.

Eu não consigo aceitar que uma criança se prive do direito de ser criança e ter que ir buscar sua própria sobrevivência neste mundo escuro e horripilante que é o mundo dos homens.
Mundo esse que encontramos pessoas jogadas nas ruas, completamente drogadas e fora de si e acabamos passando ao lado delas e nem se quer as olhamos na cara.
Mundo em que os valores morais já não existem porque as nossas bases, focos de valores, nosso norte já estão destruídos pela farsa e a corrupção daqueles que tem a mão no poder.

Mundo este que vale mais o individualismo, o amar a si mesmo, de tirar vantagens dos menos preparados e com dificuldades. De cultuar seus "santos do pau oco" e lá fora só prevalecer o culto do "eu na frente de tudo"

Estamos vivendo momentos em que já não se pode mais amar o próximo, isso é uma tarefa difícil pois ja não se fazem amores como antigamente onde era possível amar e ser amado, se entregar e não ter medo de mais nada... Hoje vivemos dias em que é melhor ficar em cima do muro, calarmos e nos contentar com o que temos, quem sabe o amanhã será diferente?... Mais vale um pássaro na mão que dois voando!!!

Tento brigar por tudo que é de valor, como as pessoas lá na europa brigam pelos seus direitos, aí e sou questionado e me dizem porque estou aqui neste país e isso nunca vai mudar... Mudemos a pessoa do espelho primeiro, façamos nosso lema o caro chefe para que todos juntos possamos gozar de um mundo melhor, sem ressentimentos, preconceitos e prejuízos. Façamos que as nossas energias sejam canalizadas para tudo de bom e que estas coisas boas irradiem para todos os cantos das ruas e cidades, trazendo uma mensagem de paz e gratidão, de estar vivendo esta vida maravilhosa que as vezes esquecemos que temos porque nos concentramos em coisas televisivas banais que nos fazem viver uma realidade totalmente distinta.

Saibamos amar o nosso planeta, compartilhando com ele este milagre diverso que é o milagre da VIDA, sejamos capaz de compreender e ajudar o próximo e que possamos enfrentar de peito firme e forte essa nossa "Divina Comédia Humana"





Enquanto houver espaço, corpo e tempo e algum modo de dizer não
Eu canto



Divina Comédia Humana

Belchior

Composição: Belchior
Estava mais angustiado que um goleiro na hora do gol
Quando você entrou em mim como um Sol no quintal
Aí um analista amigo meu disse que desse jeito
Não vou ser feliz direito
Porque o amor é uma coisa mais profunda que um encontro casual
Aí um analista amigo meu disse que desse jeito
Não vou viver satisfeito
Porque o amor é uma coisa mais profunda que um transa sensual
Deixando a profundidade de lado
Eu quero é ficar colado à pele dela noite e dia
Fazendo tudo de novo e dizendo sim à paixão morando na filosofia
Eu quero gozar no seu céu, pode ser no seu inferno
Viver a divina comédia humana onde nada é eterno
Ora direis, ouvir estrelas, certo perdeste o senso
Eu vos direi no entanto:
Enquanto houver espaço, corpo e tempo e algum modo de dizer não
Eu canto


A TORMENTA JÁ PASSOU

Levado por um estado de ira eu removi o meu blog mas me dei conta de que esta atitude era injusta pois aqui tem sido o espaço onde mais gosto de estar...
Devo pedir desculpas a todos que bateram nesta porta e a encontraram fechada, esta porta, a partir de hoje estará sempre aberta para quem quiser compartilhar algo comigo.
A unica pessoa que errou fui eu e frustrado magoei desnecessariamente outras pessoas. Peço desculpas...


Como dizia Shakespear:
"O maior erro que você pode cometer
É o de ficar o tempo todo com medo de cometer algum."



Novos caminhos serão traçados pela frente e devemos seguir o que mais nos motiva: Devemos seguir a voz dos nossos corações.



segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

sábado, 15 de janeiro de 2011

BANDEIRA BRANCA



Deparo-me com um dilema:  Seguir adiante e perecer vítima de minhas próprias atitudes e decisões que tomei cegamente há um tempo ou atiro a bandeira branca em reconhecimento de que a batalha esta perdida para sempre?

É amigos e amigas... Acho que chegou o temido momento de ter que redirecionar o caminho percorrido, construir uma “ponte retorno” com as pedras recolhidas durante este árduo trajeto e recomeçar tudo de novo.



Há males que vem para bem? Será?

Parece-me que as decisões já foram tomadas há muito tempo atrás, então o correto é seguir em frente focando nas outras coisas que me fizeram voltar para este lugar maravilhoso e deixar hasteada esta bandeira em homenagem aos mortos e feridos desta batalha em vão.


Seqüelas, mau sabor de boca e ira com certeza o tempo fará isso apagar, só espero poder guardar comigo tudo de bom que foi seguir por esta estrada sinuosa e cheia de perigos, mas não isenta de grandes emoções...

Que os novos governantes com seus tratados pós-guerra conduzam os termos de rendição e controle da situação... THE WAR IS OVER...


sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

SAUDADES

Recentemente, uma pesquisa entre tradutores britânicos apontou a palavra "saudade" como a sétima palavra de mais difícil tradução.
http://www1.folha.uol.com.br/folha/bbc/ult272u398210.shtml

Saudade é uma das palavras mais presentes na poesia de amor da nossa língua e também na música popular, descreve a mistura dos sentimentos de perda, distância e amor. Uma visão mais especifista aponta que o termo saudade advém de solitude e saudar, onde quem sofre é o que fica à esperar o retorno de quem partiu, e não o indivíduo que se foi, o qual nutriria nostalgia.

Melancólico ando pensando sobre a saudade:

Saudade são águas passadas que se acumulam em nossos corações
Inundam nossos pensamentos,
Transbordam por nossos olhos,
Deslizam em gotículas de lembranças que por fim,
Morrem na realidade de nossos lábios.

Posso afirmar que é como um mitológico Fenix, morre e renasce das suas próprias cinzas, revigorando-se a cada dia e dando uma chance à esperança de que um dia esta tristeza já não irá mais existir...

Era tanta saudade, é pra matar
Eu fiquei até doente, eu fiquei até doente
menina
Se eu não mato a saudade, é "deixa estar"
Saudade mata a gente, saudade mata a gente
menina

(Chico Buarque)

Como é de praxe eu deixo a minha canção de hoje...

Zizi Possi

Composição: Lupicinio Rodrigues
Nunca
Nem que o mundo caia sobre mim
Nem se Deus mandar
Nem mesmo assim
As pazes contigo eu farei
Nunca
Quando a gente perde a ilusão
Deve sepultar o coração
Como eu sepultei
Saudade
Diga a esse moço por favor
Como foi sincero o meu amor
Quanto eu o adorei
Tempos atrás
Saudade
Não se esqueça também de dizer
Que é você quem me faz adormecer
Prá que eu viva em paz



















quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

TPM MASCULINA

Testosterona Power Mix

Eu sabia que este negocio de TPM das mulheres também poderia acontecer com os homens.
Fiz pesquisas na internet mas não existe muita coisa científica provando a existência deste fenômeno que ataca os homens sem que eles possam estar cientes do caso.


Encontrei uma página que plasma muito bem este fenômeno e que devemos levar muito em conta pois é muito grave e não tem sintomas de quando ele acontece...


A igualdade masculina e feminina deram um passo a mais...

http://melhoramiga.com/tpm-masculina-eu-acredito

Espero que desfrutem desta leitura.

RATO DE ACADEMIA?

Esta é a pergunta que faço hoje.

Estou adorando uma nova fase que é de curtir as classes que tenho a disposição na minha academia.
No começo ficava meio com vergonha pois a maioria das pessoas que fazem estas aulas são mulheres e existem poucos homens fazendo isso, a maioria dos homens ficam lá se olhando no espelho e apreciando a massa muscular adquirida durante o decorrer do tempo.

Quero fazer de tudo mas no principio é meio complicado pois as aulas são duras, falta ritmo, agilidade e resistencia física...
O legal é que a turma te apoia e fica contando contigo para a proxima aula do dia seguinte...

Chego em casa acabado mas quando levanto no dia seguinte sinto um bem estar enorme.

Será que estou virando rato de academia?

Beijos a todos os ratos/as de academia que eu conheço.. valeu a força...


terça-feira, 11 de janeiro de 2011

CHOVE, CHOVE

Como é incrível a quantidade de água que esta caindo na cidade, impossibilitando as pessoas cumprirem as suas rotinas diárias... 

A chuva é uma coisa tão boa, a gente pode sair na rua e se molhar, libertando a energia contida dentro de nós.

Ela também é essencial para a natureza sendo uma das coisas principais para a manutenção da vida.

As vezes interpretamos a chuva como algo ruim e passageiro como nos versos do Capital Inicial da canção "Primeiros Erros":


Se um dia eu pudesse ver
Meu passado inteiro
E fizesse parar de chover
Nos primeiros erros
Meu corpo viraria sol
Minha mente viraria sol
Mas só chove, chove
Chove, chove 


Mas o negócio é fazer com que saia sempre um sol em nossas vidas e que a chuva seja só para fortificar aquilo que mais precisamos de atenção...


Me lembro de ti todas as vezes que vejo a chuva mas agora sei que as suas atenções estão destinadas à outros temporais....
Deixo esta canção para reflexão...




Capital Inicial

Composição: Kiko Zambianchi
Meu caminho é cada manhã
Não procure saber onde estou
Meu destino não é de ninguém
E eu não deixo os meus passos no chão
Se você não entende não vê
Se não me vê não entende
Não procure saber onde estou
Se o meu jeito te surpreende
Se o meu corpo virasse sol
Se a minha mente virasse sol
Mas só chove, chove
Chove, chove
Se um dia eu pudesse ver
Meu passado inteiro
E fizesse parar de chover
Nos primeiros erros
Meu corpo viraria sol
Minha mente viraria sol
Mas só chove, chove
Chove, chove (2x)
Meu corpo viraria sol
Minha mente viraria
Mas só chove, chove
Chove, chove
Meu corpo viraria sol
Minha mente viraria sol
Mas só chove, chove
Chove, chove

sábado, 8 de janeiro de 2011

A MINHA OUTRA FACE

Depois de muito tempo esperando este momento fiquei pensando como seria olhar ao espelho e ver refletida a minha outra face.

Vi uma beleza refletida com pontos de delicadeza e razão, de simplicidade e harmonia com o seu entorno e, sem duvida, um reflexo bom que com certeza estará sempre ao dispor.

Para chegar até ela superei tempestades, distancia e barreiras que atravessaram o meu caminho e agora fico feliz pois esta face amiga não só faz parte das loucuras do passado mas tambem vão ser as loucuras do futuro.

Um reflexo bom, a minha outra face será sempre bemvinda...

ANTES DE DORMIR

Ao fazer a minha prece antes de dormir, pedi para que eu sempre tenha paciência e a sabedoria necessária  para poder lidar com tudo...
Como disse Santo Agostinho:

 "Não há lugar para a sabedoria onde não há paciência"

Espero assim que as minhas noites de sono sejam leves...

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

ROSTO E AEROPORTOS

Relembrando o passado entre muitas fotografias que tenho guardadas numa caixinha de papel encontrei amigos que já não consigo contatar ou que mesmo com o passar do tempo já não nos falamos.

Amigos estes que encheram minha vida de alegria, sendo por um longo ou curto período, más que felizmente tivemos a oportunidade de deixar gravado para a eternidade através destas fotos.

Aproveitei para escanear todas aquelas fotos que significavam algo para mim e decidi, com a ajuda da tecnologia e das fontes de informação que temos ao nosso dispor, de tentar encontrar toda esta gente perdida aí pelo mundo.

Fiquei contente em conseguir encontrar pessoas que há muito tempo não as via e também de incitar aos velhos amigos aquela pontinha de melancolia e o sorriso na boca por relembrar tão lindos momentos.

O que eu quero deixar escrito aqui hoje é o quanto a gente se apega às coisas boas do passado e associamos estas coisas boas com a imagem, deixando um bom sabor de boca nas nossas vidas.

Lembrei-me de uma musica do “Camisa de Vênus” chamada “Rosto e Aeroportos” que faz jus ao meu estado de espírito e da lembrança do rosto teu...

Espero que desfrutem da canção.


Vou vestir a minha sombra
Preciso me proteger
Eu sempre manejei bem as palavras
Mas agora não sei o que dizer

Sua voz tão calma e fria
Penetrou tão lentamente
Congelou o meu orgulho
Embaçou a minha mente

Vejo seu rosto nos aeroportos
Nas ruas, nos cinemas, nos jornais
Vejo seus olhos nos faróis de meu carro
A noite eles sempre brilham mais


quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

POEMA EM LINHA RETA

E quando eu me deparei com os imãs na geladeira
Lá magnetizados tentando relembrar aquilo que passou
A vontade de estar pertinho de ti em meu peito apertou

Inesperadamente dando nova vida ao meu coração
No desejo desta lembrança renovar
Empreitei tudo que tinha em minha mão
Tudo aquilo que possa imaginar

Exagerada tem sido a minha grande devoção
Amando tudo e aprendendo a compreender
Muito mais que sabia desde então
O amor será capaz de um dia vencer...





quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

A FÓRMULA SECRETA

Como é difícil entender as coisas? Pode ser que eu não esteja ligado nas vibrações ou nas pistas que o mundo me passa e, bem debaixo dos meus olhos, vejo e não vejo tudo passar...

Será que brigar, lutar até o fim seria o correto? Até que nossas opções se acabem? Como aquele soldado que queima todos os seus cartuchos e fica sem munição na linha de frente, lutando por tudo o que ele acredita, ficando desprovido das ferramentas e do álibi numa guerra cruel, desnivelada, injusta e sem nenhuma perspectiva de vitória?

A fórmula poderia ser a liberação, o deixar-se navegar sem direção dentro de um barquinho nas correntezas fortes de um rio que sinaliza a existência de uma imensa cachoeira à frente onde a queda seria inevitável?...

Mas por sermos como somos não podemos desistir jamais da peleja, desistirmos das nossas igrejas, das nossas praças de touro onde o sangue quente sempre escorrerá,  manchando as vezes o chão rugoso marcado por outras batalhas e as vezes a carne de quem merece receber a cornada...
De que adianta as bandeirinhas no dorso do touro se isso vai fazer com que ele se revolte ainda mais e só veja sangue em sua frente?

É mais fácil tentar entender a mecânica de tudo isso, tentar burlar as câmeras de segurança e se libertar antes de que a morte venha.

Não quero que as nuvens escuras dos temporais que se aproximam escureçam as coisas boas da vida, do simples fato de estar sempre buscando uma escadinha para a gente subir. Me recuso de cultuar o mal, de brigar sempre pelas mesmas coisas, de ter que apreciar de longe a beleza dos fogos artificiais, de aceitar que estou vencido porque eu nunca desistirei, e nos momentos de glória estarei ao lado teu segurando tua mão, não me importando com os que estão olhando.

A formula secreta estaria nos altares divinos? Nos muitos deuses que cultuamos e conhecemos? Quantos deuses você conhece? São os deuses da informação com seus poderosos Kilobytes Por Segundo que faz com que nossas cabeças pensantes sejam tão rápidas como umas lesmas vadiando pelo além?

O segredo secreto é não dar trela para as meninas do elevador, é sempre desfrutar do nosso chocolate favorito no final....

Claro, por muitas vezes que me digas, ainda tenho que descobrir a Formula Secreta de Você...